Tristão Vaz Teixeira (1395 - 1480)


Tristão Teixeira, também conhecido como Tristão da Ilha, e por vezes referido posteriormente como Tristão Vaz, e Tristão Vaz Teixeira, (c. 1395 — 1480), foi, segundo Zurara, escudeiro do Infante D. Henrique, a quem acompanhou a Ceuta e Tânger, onde se mostrou "homem assaz ardido", sendo aí armado cavaleiro.
Com João Gonçalves Zarco descobriu a ilha de Porto Santo, que foi encarregado de colonizar. Vai povoar depois a ilha da Madeira em 1425. Coube-lhe a capitania do Machico com carta de doação de 11 de Maio de 1440. Organizou várias expedições à África, com caravelas suas.
Por abuso de autoridade, esteve desterrado da sua jurisdição à qual voltou perdoado, em 1452. Casou com sua prima Branca Teixeira e deixou numerosa descendência, hoje largamente espalhada pelo arquipélago. Faleceu em Silves já de idade avançada.
Retirado de: https://pt.wikipedia.org/wiki/Trist%C3%A3o_Teixeira


Comentários